HCG: a “nova” fórmula do emagrecimento

Por Jean Silvestre

Como diria Jack Stripador: “Vamos por partes!”

Inicialmente vamos explicar o que é HCG e depois vamos para sua fama com emagrecimento. A gonadotrofina coriônica humana (HCG) é um hormônio liberado em altas concentrações durante a gravidez, conta com função importante no controle endócrino da gestante. Mas qual o motivo de ter virado “a nova fórmula” para o emagrecimento nos dias atuais?

Primeiras pesquisas sobre HCG

Na década de 50, um endocrinologista chamado Simeons fez o seguinte procedimento: -durante um período de 3,5 a 6 semanas, manteve uma dieta livre de gorduras e na quantidade de 500 kcal/dia para pacientes, ao mesmo tempo os pacientes recebiam diariamente uma dose intramuscular de 125 UI (Unidade Internacional) de HCG.

Acredito que ofertar uma dieta com 500 kcal/dia e ver redução de peso é praticamente chover no molhado! Mas vamos ignorar a questão composição corporal aqui e todos os malefícios que a dieta restritiva traz.

Pois bem, vamos aos estudos:

-Ao longo dos anos, diversos estudos utilizaram o mesmo protocolo por Simeons e adivinhem? NÃO ENCONTRARAM BENEFÍCIOS NO EMAGRECIMENTO!

hcg fig 1
Tabela retirada do estudo de 1983 de um grupo de pesquisadores do Canadá em que os mesmos trazem inúmeros estudos que não encontraram benefícios com HCG (1)

Destaque para o último estudo da tabela (Greenway & Bray, 1977), no qual faço questão de trazer a figura e mostrar a diferença de peso entre o grupo HCG e o grupo placebo. (2)

hcg fig 2

Ué, mas o HCG não funciona?!

Se funciona, qual o motivo de tantos estudos com o MESMO PROTOCOLO mostrarem resultados opostos? Sabe o motivo do HCG funcionar com o tratamento de Simeons? Porque o endocrinologista usou HCG para crianças  com criptorquia (amadurecimento anormal do testículo e comprometimento na produção de testosterona). Agora da para entender a perda de peso, se você adéqua a produção de testosterona do indivíduo, a perda de gordura corporal é nítida!!

Para fechar, em 1995 um grupo de pesquisadores da Holanda realizaram uma meta-análise detalhando os efeitos do uso de HCG no tratamento da obesidade pelo método terapêutico de Simeons. Quem tiver tempo sugiro que leia esta revisão! Os autores trazem até a época atual estudos com HCG revisando a: dosagem, duração da intervenção, perda de peso com HCG (versus placebo) e a conclusão dos autores mostrando a ineficácia do tratamento com HCG!! (3)

Apesar de Simeons ser um endocrinologista, não quero deixar críticas aos médicos, o que quero criticar nesse post são os “métodos salvadores”! Mesmo porque sei a importância que a Medicina tem na área da saúde, porém não devemos NUNCA esquecer que a importância do Exercício Físico, da Alimentação saudável e equilibrada que sempre rendem ótimos resultados!!


Referências

BIRMINGHAM, C. L.; SMITH, K. C. Human chorionic gonadotropin is of no value in the management of obesity. Canadian Medical Association Journal, v. 128, p. 1156-7, 1983.

GREENWAY, F. L. & BRAY, G. A. Human chorionic gonadotropin (hcg) in the treatment of obesity. The Western Journal of Medicine, v. 127, p. 461-3, 1977.

LIJESEN, G. K. S.; THEEUWEN, I.; ASSENDELFT, W. J. J.; VAN DER WAL, G. The effect of human chorionic gonadotropin (HCG) in the treatment of obesity by means of the Simeons therapy: a criteria-based meta-analysis. British Journal of Clinical Pharmacology, 40, p. 237-43, 1995.

  • Wender

    Além do uso para emagrecimento, já vi casos que as pessoas utilizavam o HCG para o uso de ganho de massa muscular. Segundo eles o HCG promove menos colaterais que os anabolizantes comuns.

    • Jean Silvestre

      Sim Wender, está correto, as pessoas realmente usam para ganho de massa muscular, mesmo porque o HCG atua basicamente nessa produção de testosterona endógenamente, porém não deixa de ser uma reposição hormonal, e como toda reposição hormonal, deve ter um acompanhamento médico e ser bem avaliada o custo benefício.