Podcast #31 – Treinamento em Casa

Olá pessoas!

A pedido de muitos ouvintes, hoje vamos falar sobre o treinamento que pode ser feito dentro da sua casa. Será que é possível alcançar seus resultados sem precisar sair de casa para ir a academia? Nesse podcast eu (Yuri Motoyama), Gilmar Esteves e Paulo Eduardo vamos dar nossas opiniões sobre quais os riscos e benefícios do treinamento em casa.

Acompanhe mais esse podcast conosco e não se esqueça de nos escrever caso tenha alguma outra opinião para contato@4×15.com.br, ou entre em contato conosco através do twitter ou na nossa fanpage.

Links citados no programa

Matéria do jornal da band sobre o perigo em seguir os blogueiros fitness.
Site de compras Zoom.
Nerdcast sobre cerveja!
Rede social de pesquisadores Reserachgate.


  • Raniel Ferreira

    Fico lisonjeado por terem lido meu email e não terem falado meu nome errado (tem gente que acha que é estrangeiro e fica dando enrolada na língua) rsrs. Gostei do tópico e por experiência pessoal posso dizer que muito do que foi falado é verdade, e acho que justamente essa falta de conhecimento e de orientação foi uma das coisas que me fez querer fazer o curso de Educação Física, hoje vejo que muita coisa eu fiz de forma inprudente, mas muita coisa também foi aproveitada (eu tinha 15 anos e fazia exercícios em casa por falta de dinheiro e pq não gostava da minha aparência).
    Eu acredito que treinamento em casa é uma coisa que pode ser bem trabalhada, visto que, algumas pessoas mesmo tendo subsídios, simplesmente não gostam de fazer exercícios em grupo ou de alguns ambientes, alguns amigos meus já me perguntaram se é possível fazer exercícios apenas em casa por não gostarem do ambiente da academia. Sinceramente espero que isso fique mais popular, porque torna a prescrição mais especifica e particular, respeitando os princípios do treinamento esportivo (claro que se for com um profissional apto).

    • Yuri Motoyama

      Poxa agora eu fiquei curioso em qual seria a outra forma de pronunciar seu nome! rs Também vejo um potencial nesse tipo de prestação de serviço. Abraço mestre e agradecido pelo comentário

  • misterjeny

    olá senhores,esse tema me é muito querido pois,yo soy uma prova palpável de que, é sim possível um bom desenvolvimento treinando em casa!
    como desde garoto praticava diversas artes marciais(com zero de conhecimento nutricional!) sempre fui o magrelo da turma. fui buscar o mundo da musculação tardiamente,aos 21 anos,matriculei-me no SESC-campinas e comecei os treinos.
    Dias,meses e anos passaram-se e não obtinha resultados,com 1,76m não saia dos 65 kg,então decidi comprar uma dessas estações de musculação e algumas anilhas e treinar em casa. comecei também a estudar sobre treinos e alimentação. como meu treino começou a render mais(não precisava revesar com ninguém!) e mudei radicalmente minha alimentação. alcancei os 93 kg com uma boa qualidade muscular e boa proporção física. hoje em dia não troco minha homegym por academia alguma.tenho já mais de 300kg em anilhas,barras e halteres diversificados e crossover caseiro entre outras utilidades.
    nunca me lesionei em treino(e faço agachamento e terra sozinho,um perigo!rsrsrs)embora tenha sequelas dos meus embates marciais!
    abraços queridos,continuem com o ótimo trabalho.

    • Yuri Motoyama

      Poxa! você é um exemplo de disciplina! Acho que uma das maiores dificuldades em se treinar em casa é justamente a competição do aparelho vs. sofá! rsrsrs
      Parabéns pelos seus resultados e agradecido pelo comentário! Abração

  • Fabio Rocha de Lima

    Olá Professores!

    Legal o tema que vocês abordaram.

    Concordo plenamente com o professor Paulo que antes de tudo, devemos entender o conceito de Atividade Física e Exercício Físico, pois partindo desse ponto é possível saber o que é fisicamente ativo e quais são as implicações para a saúde do indivíduo.

    O treinamento em casa é um tanto quanto complicado, pois na maioria das vezes ( chutando 90% dos casos) o pessoal acaba pesquisando por “dicas de treinos para fazer em casa” e por desconhecerem de tal temática, acabam se prejudicando ou caindo na fala de charlatões que utilizam de conhecimentos totalmente equivocados para vender seus produtos. Achei fantástica a parte “pesquisa na internet também como tratar o câncer”…kkkk… Infelizmente vejo mais pontos negativos dos treinos em casa, do que positivos. O principal é a ausência de um profissional capacitado para orientar de forma adequada.

    Li um tempo atrás uma monografia que contava com dois grupos. O autor colocou um grupo que pegava treinos da internet e outro que era atendido por profissionais de educação física. Preciso nem falar o resultado né…rsrs…

    Só uma correção na dica do professor Paulo, sobre o researchgate, a famosa rede social dos cientistas. Infelizmente só é possível fazer o cadastro no site com um e-mail institucional, para comprovar que você tem algum vínculo com a faculdade ou universidade referida. Porém, quando não consigo encontrar algum artigo que tenho interesse, coloco no final do nome a palavra “researchgate”, e na maioria das vezes consigo baixar sem problemas. Ainda uso a moda antiga de mandar e-mail para os autores pedindo os artigos que são pagos…rsrs… Mas quase todos são bem solícitos quanto a esse ponto.

    Parabéns por mais um cast.

    Abraços

    • Yuri Motoyama

      Fala mestre dos magos! Agora que eu vi que não tinha enviado uma resposta para o seu comentário! Então com relação ao Reserachgate eu não tenho certeza, mas a muito tempo atrás o login podia ser criado sem necessidade de comprovação. Tanto que criei o meu com minha conta do facebook até. Acho que essa foi uma mudança recente.
      Mas o velho e bom e-mail sempre salva vidas! rs
      Abração!

      • Fabio Rocha de Lima

        Fala Mestre Yoda!

        O meu orientador também achou estranho quando falei com ele sobre essa modificação, pois ele também tem uma conta lá e nem precisou confirmar nada…

        O e-mail sempre salva vidas mesmo….rsrs…

        Abraços!

  • Domingos Junior

    Acho que foi nesse episodio que alguém comentou que as pessoas tendem a ir a academias que ficam a no maximo 3km de suas casas/trabalho. Se foi poderiam me dizer onde eu posso pegar esse artigo completo? E alguma dica de onde achar artigos que tratam academias e / ou arte marcial como negócios?

    • Yuri Motoyama

      Fala meu amigo! Eu procurei e não achei essa informação. Fui eu quem comentei, me lembro de ter visto esse dado em um dos cursos de gerenciamento de academias que eu fiz. Se você procurar por essa instituição, pode encontrar artigos voltados para modelos de negócios com atividades físicas! Abraço

      http://www.ihrsa.org/fitness-brasil/

      • Domingos Junior

        Obrigado