Podcast – Ep -7 – Para ser forte, tem que ser esperto!

 

Apresentação1

Olá marombados e bombadas! No episódio de hoje eu vou falar um pouco sobre a discussão que existe sobre as doses de treinamento para melhorar a força muscular. Lembrando que a experiência fica muito melhor com fones de ouvido, sinta-se em casa e curta nosso podcast.

Não se esqueça da nossa brincadeira do dia dos namorados! Nos envie mensagens no contato@4×15.com.br com sua história, declaração, depoimento ou pedido de socorro! Quem disse que não podem existir grandes amores de academia? rs

Um abraço!

Links citados no programa

Facebook do Pesquisador Paulo Gentil

Referencia

Rhea, Matthew R., et al. “A meta-analysis to determine the dose response for strength development.” Medicine and science in sports and exercise 35.3 (2003): 456-464.

  • Yuri Motoyama

    ok

  • luiz

    Eu vi no instagram do treinoconsciente que há um processo chamado dinapenia, que é a perda de força em idosos. Vocês já viram algo sobre isso ?

    • Yuri Motoyama

      Na verdade é uma consequência do processo de envelhecimento. Geralmente está associada a sarcopenia ou em casos mais graves a caquexia. Acho que dinapenia é apenas uma nomenclatura para destacar especificamente a perda de força muscular. Agraço chefe!

  • Gabriel Pohlmann Roballo

    Olá Yuri, força não esta relacionada 100% a ficar grande pois já li em um estudo(PubMed) que foi comparado a força de powerlift e um fisiculturista em relação a força de cm³ de músculo e resultou no powerlift com menos massa e mais força . Nas minhas conclusões ser grande é um misto de treinamento de resistência e força em alta e moderada intensidade mais períodos de descanso total. Sobre oque foi falado no cast e que eu confio é o Metodo heavy duty, mas por vivencia propiá esse método não é o melhor para mim mas ele entra dentro da minha periodização por um curto tempo e volto ao treinamento com mais volume onde chego treinar 2x por dia 1 hora cada treino. Porem na minha opinião oque vai dizer se vou crescer vai ser a Dieta que vai ter uns 70% da responsabilidade! Também lembrei agora de um estudo onde o Paulo Muzy sita mas não disponibilizou a fonte mas vou procurar onde foi pego tbm um recordista de agachamento e o fisiculturista com a maior perna(Tom Platz), isto na década de 80, e foi realizada a RM do fisiculturista e o powerlift fez 4 ou 6 repetições , mas logo apos foi pego a carga que o powerlift fazia 12 repetições e o fisiculturista fez 21 rep com essa carga. Abração amigos muito bom os cast!

    • Yuri Motoyama

      Exatamente Gabriel. Apesar dessas comparações serem feitas usando um cálculo de correlação e essas correlações não predizem causa e efeito, isso que você comentou é verdade. Não me lembro onde eu li que os atletas mais fortes (proporcionalmente ao volume muscular) eram os bailarinos. Ainda não temos uma meta-análise que relacione hipertrofia é variáveis de treinamento por isso eles fazem essas aproximações. Abraço chefe e valeu por estar movimentando os comentários aqui!