“Canelite” ou Síndrome do Stress Tibial Medial

 

Canelite

Por Prof. Diego Soave

Você que corre e sente aquela dor incômoda na parte anterior da perna, no osso da canela (tíbia) e tem sua performance prejudicada por causa disto. Fique atento nos possíveis fatores de risco associados a esta patologia:

– Biomecânica do gesto motor da corrida incorreto;

– Desequilíbrio muscular entre cadeia anterior e posterior da perna, assim como o encurtamento dos isquiotibiais e panturrilha;

– Aumento desordenado das distâncias e/ou velocidades das corridas;

– Calçado inadequado para o seu tipo de pisada, mais comuns em pisadas supinadas;

– Corrida em terrenos irregulares e/ou superfícies muito duras;

– Maior rotação externa do quadril, principalmente em mulheres;

– Queda do osso navicular (altura da tuberosidade navicular alterada).


Assine o 4x15

Acompanhe todas as novidades e conteúdos extras do 4x15 em primeira mão no seu e-mail!


Recomenda-se um descanso maior entre as sessões de treino, associado a exercícios específicos de fortalecimento muscular e alongamento. Desta forma causando diminuição do stress e inflamação na região acometida.


Referencia

Newman P., et al. “Risck factors associated with tibial medial stress syndrome in runners: a sistematic review and meta-analysis.” Open Access Journal of Sports Medicine (2013): 4 229–241.

  • Yuri Motoyama

    ok