Arquivo da tag: Blogueiros

Blogueiros fitness: como erradicar essa doença

Por Yuri Motoyama

Provavelmente você já gastou alguns minutos da sua vida para ver um vídeo ou uma postagem de um blogueiro (a) famoso dando dicas de treino, alimentação, etc. Para nós que trabalhamos com saúde é um caminhão de besteira. Para pessoas que são leigas no assunto, essas “dicas” podem parecer boas e tentadoras. E isso tudo leva a uma doença muito perigosa, recente e ainda sem tratamento.

Em primeiro lugar quero deixar bem claro que o problema não é o fato deles serem blogueiros. Existem vários blogs que prestam um excelente serviço de promoção de informações relevantes para saúde. A própria revista científica Nature viu a importância de se divulgar a ciência de uma forma mais popular e criou um blog. O problema nessa história é que esses blogueiros treinaram, suplementaram e principalmente anabolizaram seus corpos para chamar sua atenção. Aí você está de bobeira na internet, passando tempo rolando sua timeline do facebook e  instagram (essa doença é transmitida principalmente através dessas duas redes sociais) e acaba sendo contaminado por um blogueiro fitness…

Blogueiro fitness, entendendo a doença

Essa doença se manifesta quando uma pessoa não tem acesso a informações sobre saúde. Na verdade, as pessoas contaminadas, desde sua educação básica foram doutrinadas a acreditar em tudo e nunca questionar nada. São influenciadas pela aparência.

Outro aspecto que facilita a contaminação é ter preguiça. As pessoas que esperam ter resultados monstruosos com pouco ou nenhum esforço são as que tem o maior perfil para serem contaminadas. A partir daí fica fácil a contaminação, basta uma rápida olhada em um corpo bonito em um vídeo ou uma chamada do tipo “queima de gordura por 365 dias” que a doença já está transmitida.

Sintomas da doença

Você percebe uma pessoa doente quando o Facebook dela já tem centenas de compartilhamentos de exercícios ridículos (isso na melhor das hipóteses). Quando o Instagram dela parece uma revisa de moda de academia com tantas modelos desfilando com suas roupas perfeitamente combinadas e abdomens de fora.

Em um estágio mais avançado da doença essa pessoa já começa a compartilhar com seus amigos as dicas de treino e alimentação. Ela já começa a escrever recadinho nos copos de suplementos para outras pessoas. Nesse estágio a pessoa já ignora a instrução de profissionais competentes para introduzir um exercício ou outro no seu treino. É aqui que começa a transmissão da doença. Nesse ponto, a pessoa já começa a se destacar na academia. Não pelos seus resultados e sim pelas roupas da moda e pelos exercícios que parecem que foram orientados para serem executados da maneira “perfeitamente” errada.

E aí chegamos no estágio mais avançado da doença. Nesse estágio a pessoa já monta seu próprio treino e alimentação com base nos blogueiros fitness. Ela já prescreve esses exercícios “perfeitamente errados” para outras pessoas (criando um subgrupo de seguidores). Ela já compartilha as baboseiras freneticamente e faz comentários do tipo “fantástico!”, “Isso mudou a minha vida!”…

Estágio terminal da doença

Nas fases terminais, a pessoa gastou anos de sua vida e conseguiu no mínimo uma dor nas costas (sendo otimista). Essas pessoas desistem e falam que academia não é pra elas. Um outro aspecto terminal dessa doença é quando a pessoa contaminada utiliza hormônios e alcança um corpo “perfeito”. Aí os blogueiros se tornam deuses e ela nunca vai saber que ela poderia ter tomado hormônio e feito faxina em casa que teria os mesmos resultados.

A doença dos blogueiros fitness tem cura?

Existe uma cura sim! O remédio para essa doença se chama ciência e divulgação. Sempre digo que a maior parte da culpa dessa doença ter se disseminado no Brasil é dos próprios profissionais de saúde. Hoje em dia temos profissionais mal qualificados sim, são pessoas que não entendem a importância da profissão e estão lá só para tirar um trocado. Falando especificamente da minha área, temos professores com uma década de carreira que nunca leram UM CAPÍTULO de um livro de fisiologia sequer. Temos professores que nunca fizeram cursos para se atualizar. Temos professores que nunca leram um artigo científico ou procuraram nas bases de dados a resposta para uma dúvida.

Além dos profissionais mal qualificados temos os profissionais omissos. Que vêem essas postagens e não fazem nada. Quantas postagens no facebook você denunciou? Quantos videos você não deixou de comentar com alguma critica sobre o que estava sendo falado? Quantas vezes você tentou compartilhar uma informação correta em cima de uma besteira publicada na internet? Quantas vezes você reservou alguns minutos para ajudar a divulgar informações corretas pelas redes sociais?

Se você está se perguntando “onde então eu posso pegar informações sobre saúde com segurança?”. Clique aqui e ouça esse podcast!

Os blogueiros fitness não tem o conhecimento, mas uma coisa é certa, eles sabem usar a internet para conseguir seguidores. E os profissionais que tem o conhecimento para compartilhar e mudar essa situação ficam escondidos atrás de suas mesas de trabalho. Desse jeito, quem você acha que vai ganhar essa disputa?

Critique, comente, compartilhe informações com embasamento cientifico e principalmente aprendam a usar o botão DENUNCIAR!

 Clique aqui e aprenda como denunciar um conteúdo no Facebook!

 


Podcast #25 – Onde buscar informações sobre saúde?

Olá pessoas! Hoje vou trazer um podcast solo para vocês. Nesse programa vou falar um pouquinho sobre onde você pode buscar informações confiáveis na área da saúde? Você que é aluno sabia que colocar uma pergunta no Google e simplesmente sair clicando nos que aparecer é super perigoso e você pode chegar a uma informação completamente equivocada? E você professor! Sabia que existem formas super seguras de chegar a informações de qualidade? Já pensou em pautar seu trabalho com a ciência?

Quando você for ao médico eu tenho certeza que você vai querer que ele esteja atualizado com a ciência…

Links citados no podcast

Pós Graduação Uniararas

Pubmed

Periódicos Capes

Scielo

Google Acadêmico

Decs – Descritores de Assunto

 Vídeo citado no podcast