Tem como treinar em pouco tempo?

Hiit

HIIT (high-intensity interval training) ou Treinamento Intervalado de Alta Intensidade

Por Prof. Diego Soave

     O HIIT consiste em um estímulo forte/máximo, seguido de um período de descanso leve ou passivo/parado, dependendo da intensidade aplicada. (Pode ser feito na esteira, bicicleta, elíptico, escada, pulando corda, na piscina, na praia…)

     A duração do treino é muito curta quando comparado ao treino aeróbio tradicional, fato este que causa estranheza nas pessoas e certa desconfiança quanto a sua eficiência. No entanto a ciência vem evoluindo, quebrando paradigmas e mostrando muitas evidências que em tempos passados nunca se imaginaria. (Ex: antigamente agachamento completo era considerado crime quase hediondo, porém hoje se eu vejo alguém agachando pela metade, logo disco 190! rs).

     Este tipo de treino pode ser uma ótima opção para quem quer treinar em pouco tempo, melhorar sua aptidão física e diminuir o percentual de gordura corporal. Visto que a maior causa alegada ao abandono dos treinamentos é a falta de tempo.

Quer saber um pouco mais sobre emagrecimento, clique aqui e ouça esse podcast!

     Os dados encontrados com os estudos sobre o HIIT vem ajudando a quebrar algumas lendas como a de correr “no mínimo 30 minutos para começar a queimar gordura”, ou correr na “zona de queima de gordura”, ou “é preciso ficar horas na esteira para conseguir emagrecer ou melhorar sua aptidão física”… não, não, não, mil vezes NÃO. Salvo os casos de correr por prazer ou treinar o tempo para a São Silvestre. Se o objetivo for emagrecimento (como é na maioria dos casos), você não estará fazendo isto da melhor maneira.

Mas como treinar em pouco tempo?

A intensidade a ser utilizada deve ser o esforço máximo preferencialmente a intensidade próxima a que provoque o consumo máximo de oxigênio, ou seja,  estando entre 80% e podendo chegar até 120% do VO2máx. Portanto, no momento do sprint (tiro) corra como se estivesse fugindo de um pitbull raivoso com os dentes afiados! rs.

Beleza! Mas por quanto tempo? Se você realmente conseguir treinar nesta intensidade alta, o voluma (tempo) consequentemente vai ser baixo, ou seja, é impossível correr no seu máximo (ou perto do máximo) por muito tempo.

Então não se espante mais quando ver alguém correndo feito um “doido” na esteira, agora você já sabe do que se trata (rs). Ele só quer treinar em pouco tempo e manter a qualidade do treino.

Obs: Nunca faça este tipo de treino sem o consentimento e supervisão do seu professor!

Referências:

Gibala, M. J. (2007); High-Intensity Interval Training: New Insights. Sports Science Exchange.